Faça seu site!
Home > Noticias > Frei Tiburcio comenta - Dinheiro não é capim

NOTICIAS

Frei Tiburcio comenta - Dinheiro não é capim

8/02/2014 - 02:00:10

Frei Tiburcio comenta - Dinheiro não é capim

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esgoto


Este abade ainda não leu a íntegra do volumoso Plano Municipal de Saneamento Básico, mas já pode concluir que o que tem ido para o ralo, além dos dejetos e efluentes é o dinheiro público gasto em obradas, como o Canal de Esgotos da Rua Bahia, cognominado por Antônio, o Sanitarista, de "Obra do Século".

 

Batata quente


Há décadas a obrada vem desabando sem que os últimos três prefeitos tenham conseguido uma solução. Mas como o "castigo vem a cavalo" e o "tempo é o senhor da razão", a batata quente voltou para as mãos de quem a cozinhou... Oremus.

 

Sustentável


Por falar em batatas, Antônio, o Atravessador, deve estar orientando sua bancada amestrada a segurar o projeto de lei que estabelece apoio à agricultura urbana e periurbana sustentável, que em bom português significa incentivar o cultivo de frutas, legumes e hortaliças em terrenos baldios. O produto desse programa poderia ir para os próprios agricultores e servir para escolas, creches e asilos. Mas o projeto segue engavetado em "comissões temáticas".

 

Capim


Enquanto isso, o mato e o capim crescem à vontade nos terrenos abandonados e nas ruas da cidade. E a pergunta é: o capim é mantido por preguiça ou cultivado para consumo de algumas "otoridades".

 

Dinheiro não é capim


A história é sempre a mesma: reinado de Momo se aproxima e até agora os carnavalescos não sabem se contarão com a subvenção pública para suas majestosas alegorias... A verdade é uma só: com tantas prioridades nesta esburacada comuna, fica difícil imaginar mais uma gastança do erário público com festividades profanas. Essa turma que vá lamber sabão!

 

Sugestão


Antônio, o Alcaide, deveria decretar "retiro espiritual coletivo" e não se fala mais nisso.

 

Esporte total


Se já sabemos o porquê de tanto capim nas ruas, agora a Folha Verde, sem querer, explicou na sua última edição, a razão pela qual a Secretaria de Obras não tapa os buracos das ruas... É que também teremos circuito de rua do "montainbaique"... Tá explicado!

 

Buraco total


Se tudo der certo no "montaibaique", Antônio, o Piloto, vai trazer em 2015, o "Primeiro Campeonato Mundial de Rally de Rua", a ser disputado na cidade das rosas. Assim como no circuito de Mônaco, bastará sinalizar o trajeto, pois até o próximo ano, com auxílio de M. Tatu, Antônio vai concluir a abertura de todas as crateras necessárias para o importante evento. Taí um governo que sabe aproveitar as potencialidades da cidade...

 

E por falar...


Em buraco nas ruas, até que Antônio, o Trabalhador, bem que tentou tapar alguns com a já conhecida "farinha" que sempre se vai com a primeira chuva. Mas dizem as más línguas que M. Tatu, o Irmão, andou trabalhando na calada da noite os buracos já estão de volta mesmo antes da primeira gota de água pluvial.

 

Cidade olímpica


O General Gladiador, presidente do COBB - Comitê Olímpico dos Buracos de Barbacena - já anunciou que em 2016, além das Olimpíadas teremos o Campeonato Municipal de Caça ao Voto. É aí que vamos ver se Antônio, o Olímpico vai estar preparado ou não para a competição que promete muitas emoções. Do jeito que está...

 

Zé Buracão


Com o cronograma de obras para a competição bem adiantado, até o mascote já foi apresentado. Trata-se do boneco " Zé Buracão", exposto na rua próxima à nova delegacia e já bastante conhecido, em especial pelas redes sociais.

 

Tatu


O mascote de 2016 deveria ser um Tatu, representando a fauna brasileira, mas consta que Antônio, o Fratricida, recomendou ao General Gladiador que não usasse o bicho, pois seu governo já está tão parecido com o de M. Tatu que isso poderia confundir ainda mais os incautos eleitores.

 

 

 

 

 

Fonte: Jornal de Sabado

COMPARTILHE

COMENTE

Top 10 Mundo Mix

Notícias

Vídeos