Faça seu site!
Home > Noticias > Senador mineiro Clésio Andrade renuncia ao mandato por motivos de saúde.

NOTICIAS

Clésio Andrade (PMDB-MG) era pré-candidato ao governo de Minas.

15/07/2014 - 10:42:42

Senador mineiro Clésio Andrade renuncia ao mandato por motivos de saúde.

O senador Clésio Andrade (PMDB) renunciou, hoje, ao mandato por razões de saúde, ao apresentar o pedido às 14 horas desta terça-feira (15) no Senado Federal, acompanhado de parecer médico com diagnóstico de necrose no fêmur (nas duas pernas, sendo uma mais grave do que a outra). O laudo médico ainda recomenda cirurgia imediata. Antes, no entanto, Clésio vai tentar tratamento com células-tronco, que será feito no exterior; caso não dê resultado, recorrerá a cirurgia. O tratamento poderá durar até seis meses.

 

Como o Senado entrará em recesso a partir desta semana, Andrade considerou mais correto renunciar do que entrar em licença médica nesse período, já que seu mandato acaba em dezembro deste ano (mandato de senador é de oito anos). Ainda hoje, ele envia correspondência a todos os presidentes das federações que integram a CNT (Confederação Nacional do Transporte), comunicando a continuidade da licença do cargo de presidente da entidade, do qual se afastou desde o início do tratamento.

 

O senador desvinculou sua decisão de outras situações políticas ou jurídicas. Clésio é o único réu no processo do mensalão mineiro, no Supremo Tribunal Federal. Com sua renúncia, o processo volta para a Justiça estadual em Minas Gerais. Politicamente, hoje, o senador é dissidente no PMDB por discordar da aliança do partido com o PT do candidato a governador Fernando Pimentel. Ele havia assumido o cargo na condição de primeiro suplente do senador eleito Eliseu Resende, falecido em 2011. Em seu lugar, assumirá o segundo suplente, Antônio Aureliano Sanchez de Mendonça, ex-deputado federal e filho do ex-vice-presidente da República Aureliano Chaves.

 

Foto: internet

 

 

Fonte: hoje em dia

COMPARTILHE

COMENTE

Top 10 Mundo Mix

Notícias

Vídeos