Faça seu site!
Home > Noticias > Governo declara emergência em saúde por casos de microcefalia

NOTICIAS

Houve aumento de casos de microcefalia, principalmente em Pernambuco. Ministro anunciou estado de emergência em saúde pública em coletiva.

11/11/2015 - 12:33:01

Governo declara emergência em saúde por casos de microcefalia

 

O Ministério da Saúde afirmou, em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (11), que está investigando o aumento de casos de microcefalia no Nordeste. Trata-se de uma anomalia caracterizada por um crânio de tamanho menor. O ministro da saúde, Marcelo Castro, declarou estado de emergência em saúde pública por causa da situação. "Todas as hipóteses estão sendo avaliadas", disse o ministro.


O Ministério foi acionado pela Secretaria de Estado da Saúde de Pernambuco, que observou o aumento drástico da anomalia nos últimos quatro meses. Foram identificados 141 casos em recém-nascidos em 44 municípios de Pernambuco este ano.


Segundo o ministro, a média de casos para o estado era de 10 por ano, o que representa um aumento incomum. "Estamos de fato em uma situação inusitada em termos de saúde pública", disse Castro. A situação tem sido acompanhada pelo Ministério desde o dia 22 de outubro.

 


Situação na PB e no RN está sendo investigada

 


Além da situação de Pernambuco, há relatos de profissionais de saúde sobre um possível aumento de casos de microcefalia na Paraíba e no Rio Grande do Norte, porém esse aumento ainda não foi documentado e o Ministério da Saúde investiga as ocorrências.


Segundo o ministério, o estado de emergência em saúde pública garante que os serviços de saúde tratem a questão da microcefalia com prioridade. A investigação das possíveis causas do aumento vai ser feita em conjunto por equipes do Ministério da Saúde e dos governos estaduais e municipais.


Hipótese de ligação com zika vírus

 


Sobre a hipótese que tem sido discutida pela comunidade médica de que o aumento de casos de microcefalia poderia estar relacionado a infecções por zika O vírus já foi confirmado em 14 estados brasileiros desde abril, segundo informação divulgada pelo Ministério da Saúde na semana passada durante seminário organizado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro.vírus - vírus que foi identificado pela primeira vez no país em abril deste ano - os representantes do Ministério afirmaram que ainda é precipitado atribuir o evento a essa causa.

 

 

 

 

Fonte: G1

COMPARTILHE

COMENTE

Top 10 Mundo Mix

Notícias

Vídeos